Notícias

RTEmagicC_111_milena_e_sarah_foto_mauro_akin_nassor.JPG.JPG
selo paraLeLo13S

Mistura de gêneros

Luciany Aparecida, 34, autora de Contos Ordinários de Melancolia (2017), começou a preparar seu livro na oficina literária Escritas em Trânsito, promovida pela Fundação Cultural do Estado da Bahia, em 2012. “O livro trata de mulheres que labutam e se deprimem com seus desejos. O ‘ordinários’,   refere-se à luta diária, comum, de qualquer mulher”, revela a autora. Veja mais no Jornal Correio da Bahia.

 

imagem 5
Literatura em Fluxo, Jornal A Tarde

Literatura em Fluxo  

Ruth Ducaso é a assinatura artística das prosas de Luciany Aparecida. Em 2013, ela deu inicio a um projeto de pesquisa pelo interior da Bahia, onde conversou com mulheres de sessenta a oitenta e nove anos. O objetivo foi conhecer seus lugares de diferença e liberdade. “A ideia comum que se tem de feminismo é a de uma mulher jovem e urbana. Como uma senhora idosa, da zona rual, elabora o feminino e o feminismo?”, questiona Luciany. Inspirada por essas vozes surgiu a obra Contos ordinários de melancolia. Veja mais no jornal A tarde.

 

 

 

 

luciany-sacatar (1) 

Dia nacional do escritor: Conversa com o Instituto Sacatar 

A escritora participou do Edital de Residência Artística para Escritores no Instituto Sacatar 2015, desenvolvido numa parceria entre a Coordenação de Literatura/Dirart da Funceb e o Instituto Sacatar e foi convidada para a residência artística pelo INSTITUTO SACATAR.

 

 

 

 

 

Créditos Imagens